A iniciativa FASTEN Vita está precisando de voluntários e doações. Doações de material, tempo, recursos e expertise são muito bem-vindas! Acesse nosso formulário de cadastramento aqui: http://contatofastenvita.inescbrasil.org.br/

Conheça o projeto

O projeto FASTEN Vita é uma iniciativa de mais de 40 pesquisadores de 12 universidades brasileiras para oferecer produtos de fabricação rápida a fim de combater os efeitos da pandemia do COVID-19. Os produtos são inspirados em projetos de propriedade intelectual aberta, que são adaptados/aperfeiçoados considerando a realidade brasileira, e ajustados para permitir fabricação rápida e descentralizada. 

As peças para montagem dos produtos são construídas por impressoras 3D, máquinas de corte a laser ou de usinagem, que podem ser cedidas voluntariamente por pessoas físicas, empresas ou laboratórios. Assim, multiplicam-se as localidades em que os produtos podem ser fabricados. Quando estas máquinas se conectam à rede FASTEN Vita podem receber diretamente do servidor da rede tarefas para executar. Além de despachar as tarefas, o servidor também otimiza a distribuição geográfica entre os pontos de fabricação, permitindo atender mais rapidamente as demandas regionais. Desta forma, ganha-se tempo fabricando os produtos nos locais mais próximos de onde eles são necessários, e pela adesão dos voluntários, ganha-se também escala. Essa produção em escala é possível devido à plataforma de Internet das Coisas (IoT) desenvolvida no contexto do projeto FASTEN, projeto que aborda a manufatura aditiva no contexto da Indústria 4.0. A plataforma IoT habilita então uma “linha de produção” ou “fábricas virtuais” para a fabricação dos produtos nos mais diversos pontos do país. 

O projeto tem engajamento social, já que produtos podem ser fabricados com material de fácil acesso e não requerem treinamento complexo de pessoal, podendo ser rapidamente incorporados em linhas de produção de pequenas empresas, o que pode auxiliar a movimentação da economia local. 

Exemplos de produtos oferecidos pelo projeto: Protetores faciais (face shields), Máscara de ventilação não invasiva – Spirandi, Cabines de Isolamento, cabines de desinfecção de máscaras N95 por radiação ultravioleta (UV) e o reanimador automatizado Vita Pneuma. Este último é decorrente de uma iniciativa portuguesa, o projeto PNEUMA desenvolvido pelo INESCTEC.   

Para potencializar nossa resposta, precisamos da adesão de interessados que nos ajudem a multiplicar as localidades em que os produtos podem ser fabricados. Você também pode ajudar fazendo doações: em material para fabricação, em dinheiro e até na forma de tempo para ajudar o voluntariado. Para se juntar a nós acesse aqui:  http://contatofastenvita.inescbrasil.org.br/

O projeto é viável graças à existência da Rede INESC Brasil, gerida pelo Instituto de Ciência e Tecnologia INESC P&D Brasil, organização sem fins lucrativos. 

Produtos disponíveis

Reanimador automatizado Vita Pneuma

O Reanimador automatizado Vita Pneuma é um equipamento que visa a estabilização e manutenção de pacientes à espera de ventiladores pulmonares convencionais, podenso ser usado também em transporte intra-hospitalar de pacientes. Possui  modo de ventilação assisto-controlado a volume (A/C VCV); ajuste e monitoramento de parâmetros como volume corrente, frequência, razão I:E, PEEP e trigger; alarmes e mecanismos de segurança para evitar pressões altas nas vias aéreas, perdas de pressão, etc.; permite a inclusão de oxímetro externo para monitoramento de SaO2 e frequência cardíaca. 
A produção do Vita Pneuma envolve impressão 3D e máquina de corte a laser. 
Inspirado em uma iniciativa portuguesa, o projeto PNEUMA desenvolvido pelo INESCTEC

Protetores faciais (face shields)

Protetores faciais (face shields) são equipamentos de proteção usados por profissionais de saúde e que os protegem de fluídos que possam estar contaminados. Estão sendo produzidos com impressoras 3D e máquinas de corte a laser. A montagem leva poucos minutos, e quando finalizados estão sendo encaminhados para hospitais, clínicas e outras unidades de saúde. 

Máscara de ventilação não invasiva: Spirandi 

A máscara de respiração não invasiva Spirandi é uma evolução de uma máscara convencional, voltada para pacientes conscientes e com capacidade de respiração espontânea, e que não necessitem de monitoramento constante. Usada em conjunto com a cabine de isolamento, diminui a difusão dos vírus expelidos pelo paciente na respiração, no ambiente hospitalar.

Cabine de isolamento

Construída com materiais de fácil obtenção, como tubos de PVC e uma película de vinil transparente, visa reduzir os riscos de contágio das equipes médicas que tratam pacientes com a Covid-19. Usada em conjunto com a máscara Spirandi, diminui a difusão dos vírus expelidos pelo paciente na respiração, no ambiente hospitalar. Foi inspirada na Cápsula Vanessa, desenvolvida pelo Instituto Transire e Samel Health Tech.

Cabine de desinfecção de máscaras N95 por radiação ultravioleta

Foto: Josafá Neto
As caixas de desinfecção de máscaras descartáveis de filtro N95 eumentam a proteção dos profissionais de saúde de contaminações no ambiente hospitalar. A tecnologia permite a reutilização das máscaras equipamento de proteção individual, que passam por descontaminação por radiação ultravioleta.
A iniciativa original é do Laboratório de Corrosão e Nanotecnologia, em parceria com o Setor de Gestão de Inovação e Tecnologia do HU e a Superintendência de Infraestrutura da Universidade Federal de Sergipe.

Colaboradores

Pessoas

Júlia Nunes
UFSC

Demóstenes
Ferreira Filho

UFG

Ariane Pereira
UFSC

Hermes I. Del Monego
UTFPR

Mario Dantas
UFJF

Angélica B. Cezimbra
UFSC

Leonardo L. Ramalho
UFPA

Kátia Gianni de Carvalho
UFS

Eduardo O. Freire
UFS

Paula Albuquerque
INESC P&D Brasil

Enio Russo
INESC P&D Brasil

Marcos Domingues
UEM

Enzo Frazzon
UFSC

Leonardo Bremermann
UFSC

Paulo Farias
UFBA

Erika Pequeno
INESC P&D Brasil

Diego Issicaba
UFSC

Rodrigo Tadeu
INESC P&D Brasil

Walkiria Garcia
UFJF

Matheus Soares
UFJF

Natália Oliveira
INESC P&D Brasil

Renan Pereira
UFSC

Tiago T. Ribeiro
UFBA

Gelson da Cruz Júnior
UFG

Luciana Cabral
INESC P&D Brasil

Marcos Monteiro
UTFPR

Daniel Ayoub
UFSC

Daniel F. da Cunha
UFG

Dalva M. da Rosa
UDESC

Mauro A. da Rosa
UFSC

José Gilmar N.
de Carvalho Filho

UFS

Andre Scolari
UFBA

Tarso Vilela
UFS

Felipe Costa
UFSC

Rodrigo Torres
UFJF

Deborah Bernett
UFSC

Henrique Poleselo
UFBA

Roberto da P. Francisco
UFG

Vitória Braga
UFG

Rodrigo Braga
UFSC

Fernanda Borges
INESC P&D Brasil

Ícaro Agostino
UFSC

Nicollas Schweitzer
UFSC

Graziella Bedenik
UFS

Raphael C. de Oliveira Jesus
UFS

Susana de Souza Lalic
UFS

Shigeaki Lima
UFMA

Stephanie K. A. de Sousa
IFS

Empresas

Lampions Films

Entidades